Como anda o seu sentimento de pertencimento? Sente-se inteiro no espaço que convive?

Pertencer a um espaço, a uma comunidade, a um ambiente com suas culturas e hábitos, é algo primordial para o indivíduo se tornar mais confiante e seguro em suas ações. E, muito mais que isto, o sentimento de pertencimento proporciona a esse indivíduo a transparência de ser quem o é, com autenticidade e respeito por si e aqueles com quem se relaciona.

Quando não pertenço

A sensação de não pertencer ao ambiente que se construiu em nossa volta nos afeta diretamente. Podemos nos esforçar em continuar usando as máscaras do dia-a-dia, no entanto, a insatisfação que nos toma conta vai se apresentando num quadro de tristeza e angústia.

Como mudar esse quadro?

Quando nos sentimos pertencendo a algo, despertamos a plenitude que habita em nossa essência. Somos criadores da nossa realidade e o empoderamento dessa situação nos permite viver em harmonia com quem realmente somos.

Despertamos o sentimento de pertencimento quando nos identificamos com a essência de nosso espírito, dando força e incentivo aos nossos propósitos de vida sem nos preocuparmos com julgamentos e críticas.

Criando vínculos

Quando abrimos nosso coração e nossa consciência para quem realmente somos e para o que desejamos realizar, iniciamos um processo de aprendizado que nos recria, fazendo-nos sentir vinculados ao espaço onde estamos.

E isso, independe de conhecermos ou não esse local ou as pessoas com quem nos relacionamos, pois, o sentimento de pertencimento reside em nosso íntimo. Levaremos esse sentimento para onde ou com quem quer estejamos, desde é claro, tenhamos a sintonia necessária com esse ambiente. Ele irá complementar e impulsionar o nosso sentimento de bem-estar de fazer parte.

E com ele nos chegam a confiança, a serenidade e a paz de espírito que tanto almejamos. As dificuldades não desaparecerão do nosso caminho, no entanto, estaremos mais fortalecidos e seguros quanto a nossa capacidade de criação e realização. 

Atendimento em Florianópolis,
São José e região.

Fico feliz que tenha chego até aqui. Entre em contato se quiser saber mais ou se acredita que posso ajudar você ou alguma pessoa querida.

Você se permite ser?

Hoje quando você acordou, o que fez ao abrir os seus olhos? Deu-se um tempo para refletir sobre algum sonho que teve?  Parou alguns instantes para planejar, mentalmente, o seu dia? Ainda deitado, enquanto começava…

Aceitar-se como é; eis uma prova de autoamor

Quantos de nós vive o passado e o futuro no hoje, sem aceitar o presente que chega a cada manhã? Quantas vezes discutimos intimamente, não aceitando quem somos, criando fantasias e expectativas que não correspondem…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *