Você se permite ser?

Hoje quando você acordou, o que fez ao abrir os seus olhos? Deu-se um tempo para refletir sobre algum sonho que teve?  Parou alguns instantes para planejar, mentalmente, o seu dia? Ainda deitado, enquanto começava a organizar os seus pensamentos, deu-se alguns minutos para uma breve oração ou conversa com o universo? Ou quem sabe, se em boa companhia, separou alguns minutos para um beijo de bom dia? Não me diga que apressado, você viu em seu celular sua agenda de tarefas e mal teve tempo de se permitir um despertar sereno?

Bem, para seres espirituais vivendo num mundo físico, poderíamos estranhar tanta desconexão com o universo, que é o nosso lar, mas o que fazemos normalmente, é  nos deixar levar pela corrente de impulsos que nos envolvem, sem ao menos nos questionar o que estamos fazendo.

Escrevendo e reescrevendo a nossa história 

Escrevemos diariamente mais uma página do nosso arquivo espiritual, no entanto, não nos vigiamos para saber o que estamos escrevendo ali. 

O que você deseja ler nesse arquivo mais tarde? Seus olhos brilharão para as histórias que ali estejam relatadas? Quem você gostará de ver nesse enredo que é seu? Quais sentimentos você irá querer despertar em sua alma, quando chegar o dia de ler esse diário? Estará preparado para lê-lo, sem culpa, medo, vergonha, vaidade ou orgulho? 

Quer saber como poderá fazê-lo?

Conhece a ti mesmo e seja você mesmo, aceitando-se com amor. E, procurando se melhorar um pouquinho a cada dia, sem estacionar em sua evolução. 

Permitir-se ser é olhar para dentro de si e abraçar o que ali enxergou;  trazendo para as suas decisões, escolhas, enfim, ações, sua essência. Aquilo que lhe faz bem,  deve de alguma maneira estar presente em suas páginas diárias, ao contrário, o seu diário não estará retratando quem realmente você é, mas sim, seus traumas, medos, aflições, ilusões.....

Sendo nós mesmos

Por isso, sugiro que você adicione aos seus compromissos materiais, algum tempo para refletir sobre quem você é, quem gostaria de se tornar, quais recursos dispõe nessa jornada de crescimento, e vá além, reflita se você está  manifestando o ser que verdadeiramente é, ou estará adequando o tempo todo a sua persona espiritual à experiência física?

Permita-se ser para se conhecer!

E, conheça um universo íntimo que poderá lhe surpreender!

Como anda o seu sentimento de pertencimento? Sente-se inteiro no espaço que convive?

Pertencer a um espaço, a uma comunidade, a um ambiente com suas culturas e hábitos, é algo primordial para o indivíduo se tornar mais confiante e seguro em suas ações. E, muito mais que isto,…